Human seminoma: immunohistochemical staining of Placental Alkaline Phosphatase. Note the strong membrane and cytoplasmic staining of malignant cells. Placental Alkaline Phosphatase (PLAP): clone 8A9

Fosfatase alcalina de placenta

placental-alkaline-phosphatase

Informações do antígeno

A fosfatase alcalina de placenta (PLAP) é uma enzima sialoglicoproteína associada a membrana normalmente presente em alta concentração em sinciciotrofoblastos dentro da placenta durante terceiro trimestre de gestação.

A PLAP é relatada ser expressa somente em placenta de termo normal, endocérvix e trompa de falópio e também em tumores gastrointestinais proximais e de ovário.

A expressão da PLAP é rara em tumores de células germinativas malignos. Esta é uma molécula distinta da variante do tipo-PLAP que tem sido descrita com o compartilhamento de mais de 85% de homologia com a própria PLAP.

A enzima tipo-PLAP é relatada ser predominantemente encontrada em testículos fetais e neonatais normais e no timo. É também normalmente expressada em tumores de células germinativas e mais recentemente descritas em seminomas. Usado na detecção de seminomas.

Os relatos indicam que o clone 8A9 tinge os seminomas e a placenta indicando uma especificidade para ambas enzimas PLAP e tipo-PLAP.

  • PLAP-8A9-L-CE
    Checar Disponibilidade
    1ml NCL-L-PLAP-8A9
    8A9
    Liquid Concentrate
    P (HIER)
  • PA0161
    Checar Disponibilidade
    7ml PLAP Bond RTU Primary
    8A9
    BOND RTU
    P (HIER)

Especificaç÷es de Produtos

Especificaç÷es de Produtos

PLAP-8A9-L-CE
Gynepathology
8A9
Liquid Concentrate
Yes
P (HIER)
Mono
Mouse
In Vitro Diagnostic Use
1ml
PA0161
Gynepathology
8A9
BOND RTU
Yes
P (HIER)
Mono
Mouse
In Vitro Diagnostic Use
7ml

Documentos

Documentos

Recursos

Recursos

Informações do antígeno

A fosfatase alcalina de placenta (PLAP) é uma enzima sialoglicoproteína associada a membrana normalmente presente em alta concentração em sinciciotrofoblastos dentro da placenta durante terceiro trimestre de gestação.

A PLAP é relatada ser expressa somente em placenta de termo normal, endocérvix e trompa de falópio e também em tumores gastrointestinais proximais e de ovário.

A expressão da PLAP é rara em tumores de células germinativas malignos. Esta é uma molécula distinta da variante do tipo-PLAP que tem sido descrita com o compartilhamento de mais de 85% de homologia com a própria PLAP.

A enzima tipo-PLAP é relatada ser predominantemente encontrada em testículos fetais e neonatais normais e no timo. É também normalmente expressada em tumores de células germinativas e mais recentemente descritas em seminomas. Usado na detecção de seminomas.

Os relatos indicam que o clone 8A9 tinge os seminomas e a placenta indicando uma especificidade para ambas enzimas PLAP e tipo-PLAP.

Recently Viewed

View All