Colorectal carcinoma: immunohistochemical staining for mismatch repair protein (MSH2). Note nuclear staining in a high proportion of the malignant cells. Mismatch Repair Protein (MSH2): clone 79H11.

Proteína de reparo de divergência (MSH2)

mismatch-repair-protein-msh2

Informações do antígeno

A proteína humana de reparo de divergência 2 (MSH2) está envolvida no reconhecimento inicial de nucleotídeos durante o processo de reparo de divergência pós-replicação. Portanto, a perda da função MSH2 leva à acumulação de erros de replicação, que, por sua vez, pode ser responsável pelas múltiplas mutações requeridas para a carcinogênese de multiestágio.

Mutações em genes de reparo de divergência foram relacionadas ao câncer de cólon sem polipose hereditário, e a cânceres esporádicos que exibem instabilidade de microssatélite. Relata-se que MSH2 é expressada nos núcleos de células de uma variedade de tecidos, incluindo, tireoide, coração, músculo liso e os centros germinais de folículos linfoides.

Em íleo e cólon, a expressão de MSH2 foi relatada nas criptas, as células que estão passando por rápida renovação. Elas são responsáveis pela produção contínua de células diferenciadas que migram durante 2 a 4 dias antes de serem descartadas no lúmen.

  • MSH2-612-L-CE
    Checar Disponibilidade
    1ml NCL-L-MSH2-612
    79H11
    SDS
  • PA0048
    Checar Disponibilidade
    7ml MSH2 Bond RTU Primary
    25D12
    BOND RTU
    P (HIER)
  • PA0989
    Checar Disponibilidade
    7ml MSH2 (79H11) Bond RTU Primary
    79H11
    BOND RTU
    P (HIER)

Especificaç÷es de Produtos

Especificaç÷es de Produtos

MSH2-612-L-CE
79H11
In Vitro Diagnostic Use
PA0048
Gastrointestinal Pathology
25D12
BOND RTU
Yes
P (HIER)
Mono
Mouse
In Vitro Diagnostic Use
7ml
PA0989
Gastrointestinal Pathology
79H11
BOND RTU
Yes
P (HIER)
Mono
Mouse
In Vitro Diagnostic Use
7ml

Documentos

Documentos

Recursos

Recursos

Informações do antígeno

A proteína humana de reparo de divergência 2 (MSH2) está envolvida no reconhecimento inicial de nucleotídeos durante o processo de reparo de divergência pós-replicação. Portanto, a perda da função MSH2 leva à acumulação de erros de replicação, que, por sua vez, pode ser responsável pelas múltiplas mutações requeridas para a carcinogênese de multiestágio.

Mutações em genes de reparo de divergência foram relacionadas ao câncer de cólon sem polipose hereditário, e a cânceres esporádicos que exibem instabilidade de microssatélite. Relata-se que MSH2 é expressada nos núcleos de células de uma variedade de tecidos, incluindo, tireoide, coração, músculo liso e os centros germinais de folículos linfoides.

Em íleo e cólon, a expressão de MSH2 foi relatada nas criptas, as células que estão passando por rápida renovação. Elas são responsáveis pela produção contínua de células diferenciadas que migram durante 2 a 4 dias antes de serem descartadas no lúmen.

Recently Viewed

View All